Leitura atemporal

Crédito Mariana Boro

Livros não se perdem no tempo, afirma Romi de Liz, jornalista e editora de cadernos do jornal Diário Catarinense. “As histórias são atemporais. As histórias de vida de cada um são sempre interessantes”, acredita a jornalista que colabora com a nossa seleção especial de leitura da Biblioteca do Casarão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s